PESQUISAR

Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Brasil - Expectativa de vida trans é menos da metade da média nacional

Collapse
X
  • Filtro
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Brasil - Expectativa de vida trans é menos da metade da média nacional

    CIDADANIA Notícia da edição impressa de 27/09/2016. Alterada em 26/09 às 18h08min

    Expectativa de vida trans é menos da metade da média nacional.

    A situação envolvendo pessoas trans no Brasil é extremamente grave. Segundo dados da Associação Nacional de Transexuais e Travestis do Brasil (Antra), a expectativa de vida de uma pessoa transexual ou travesti no País é de cerca de 35 anos - bem abaixo da média nacional, estimada pelo IBGE em 75,2 anos. Além disso, 40% de todos os assassinatos de pessoas trans registrados no mundo ocorrem em solo brasileiro. Ainda segundo a Antra, 90% das travestis e transexuais brasileiras vivem da prostituição.

    Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/201...-nacional.html)


    Last edited by JACKBOY; 12-05-2018, 18:43.

  • #2
    Acho que eh o resultado de um misto da violencia contra elas e da vida irresponsavel que muitas levam.

    Comment


    • #3
      Postado originalmente por Luiz Pareto Ver Post
      Acho que eh o resultado de um misto da violencia contra elas e da vida irresponsavel que muitas levam.
      Confrade Luiz Pareto pontuou de modo objetivo e claro..... Comentário excelente.....

      Comment


      • #4
        infelizmente continua ocorrendo

        https://g1.globo.com/go/goias/notici...-goiania.ghtml

        Comment


        • #5
          Uma travesti de 36 anos foi morta a facadas, na madrugada deste sábado (1º), após uma discussão no Setor Rodoviário, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, José Raimundo Ribeiro, de 37 anos, confessou ter cometido o crime após ela dar um tapa na boca dele durante uma discussão por causa de uma vasilha.

          "Dias antes, ele deu comida a ela nessa vasilha e, por isto, foi cobrá-la. Durante a discussão, ela deu um tapa na boca do autor, e ele disse: 'No rosto que mamãe beijou ninguém bate'.", disse a delegada Myrian Vidal.

          O nome de batismo da vítima, que era conhecida como Déia, é Carlos André Alves Maciel. De acordo com a delegada, que é adjunta da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), o crime aconteceu por volta das 4h, no ponto em que ela se prostituia.

          Testemunhas relataram que o suspeito deixou o local após a discussão. Depois, ele retornou e esfaqueou a travesti.

          O homem foi preso em casa e contou à polícia que tinha jogado a faca usada no crime no telhado da residência. O objeto foi apreendido.

          Ribeiro foi preso em flagrante por homicídio qualificado. Após prestar depoimento, os policiais levaram o suspeito para a Delegacia de Capturas.

          O corpo de Déia foi levado ao Instituto Médico Legal de Goiânia. Até as 10h30, nenhum familiar tinha procurado pela vítima na unidade.

          Morreu por causa de uma vasilha!

          Comment


          • #6
            Infelizmente essa é uma triste realidade. As condições de vida média de uma trans aqui no Brasil são muito precárias. O principal aí ao meu ver (mas certamente não o único fator relevante) seria promover uma forte inclusão delas no mercado de trabalho formal.

            Não é admissível que 90% das trans trabalhem com prostituição, esse quadro precisa mudar!

            O mercado de programas deveria ser apenas para quem tem (ou acredita que tenha) vocação para isso, e deveria ser sempre pensado como algo temporário. Claramente, no caso das trans, para várias delas esta acaba sendo a "única" opção de trabalho (e daí decorrem várias mazelas, como envolvimento com drogas, roubos, assassinatos, etc). Alguém precisa olhar seriamente para esta questão da inclusão das trans no mercado de trabalho formal, isso deveria ser projeto de governo, mas ninguém toca no assunto pois não atrai votos!
            Last edited by HoSeraph; 05-09-2018, 23:08.

            Comment

            Anuncios

            Collapse

            trabalhando...
            X