Tweet este tópico >>
Página 7 de 7 PrimeiroPrimeiro 1234567
Resultados 91 a 102 de 102

Tópico: Hiv, PEP, Trans

  1. #91

    Padrão

    Citação Postado originalmente por tolegal Ver Post
    to na mesma, cara... por isso recomendo que nunca se arrisquem.. eu depois da minha experiencia estou evitando ao maximo
    Complementando: vc ainda não fez o exame para saber ou já tem certeza?

  2. #92

    Padrão

    É muito simples evitarem qualquer doença,usem camisinha,é segurança para nós e para vocês também e as meninas e os meninos que tenham DST façam tratamento,pois assim o risco de prejudicar a vida da outra pessoa é mínimo,tem uma pessoa aqui do fórum que eu sei porque me falou que adora trocar doenças como quem troca figurinhas,o mesmo se diz t-lover,mas não passa de um lixo doente ambulante que não tem amor a própria vida e nem das meninas que ele mente aqui que paga programa,mas faz de graça pra relatar elas no fórum...Se ele ler,ele vai saber que é dele que estou falando,que há uns 2 anos perguntou se eu queria que ele fizesse um site pra mim e me relatasse no fórum se fizesse de graça com esse horroroso,depois me contou que "fulaninha" passou HPV pra ele e ele teria que esperar a carga dele(hiv) melhorar, depois dessa conversa nada agradável eu tenho sempre que bloquear ele das minhas redes sociais porque tenho nojo de pessoas que pensam assim e só de olhar a foto dele tenho vontade de vomitar,sorte eu não ter o desprazer de conhecer esse lixo pessoalmente,não digo lixo por ser doente,mas sim por ele espalhar doenças em muitas trans que acabam caindo na conversinha dele,vejam bem as vezes o risco maior está do lado t-lover e não t-gata...
    ...

  3. #93

    Padrão

    Citação Postado originalmente por marcosrs78 Ver Post
    Complementando: vc ainda não fez o exame para saber ou já tem certeza?
    minha conjuge fez recentemente e estava limpo...
    a minha experiencia foi a uns 3 anos...
    foi o maior alivio que ja senti na vida

  4. #94
    Junior Member
    Data de Ingresso
    Feb 2012
    Localização
    imbe
    Posts
    68

    Padrão

    A realidade é o seguinte. Tem muita,mas muita trans por ai que faz no pelo direto,é só querer e elas não estao nem ai. Olhem no D4,oq tem de foto com varios caras diferentes e tem umas q tem a cara de pau de dizer que é namorado,mas tem 4,5 caras fazendo no pelo. inclusive tem algumas que colocam no mural perguntando se alguem não quer fazer bare.Cada um sabe de seu corpo e sabem o que querem futuro ou tem gente que esta ai q toca o fodase mesmo,se pegar alguma doença não ta nem ai. Ja fiz sem,é bom,fiz exames depois e tudo certo. não faço mais pq não vale a preocupação e o peso na consiencia,pq o cara fica pensando, sera que tenho algo depois que fiz sem camisinha? . Não recomendo ninguem,ainda mais se voce tem alguma ficante serio,namorada ou esposa que não tem nada a ver com as suas aventuras ' ala vida loca' na noite. é isso ai pessoal,faça sexo seguro sempre !.

  5. #95

    Padrão

    OP, parabéns pelo post. Não sei se sua história é verídica, e pouco importa. É um problema de primeira ordem, queiram assumir ou não os frequentadores do fórum, mas que pouco (ou nunca) eu vi sendo debatido. Apesar de muitas respostas sem nenhum valor aqui, acho que foi aberto um canal de comunicação.

  6. #96

    Padrão

    Em meados de dezembro fiz um programa com a Nina Rich, que estava em Porto Alegre por uns dias, e aconteceu algo pra lá de inusitado: ela tava socando no meu rabo até que do nada parou e me avisou que a camisinha tinha escapado e ficado dentro do meu cu. Gelei por um instante pensando que acabaria protagonizando uma daquelas cenas deprimentes e habituais de pronto socorro em que o cara chega com algum objeto preso no cu, conta uma história maluca de como isso ocorreu e vira motivo de deboche dos plantonistas. Mas, felizmente, foi só enfiar os dedos e resgatar a camisinha rebelde.
    Continuei o programa, que foi excelente, a Nina manda realmente muito bem, recomendo, e fui embora feliz da vida, já que fazia um bom tempo desde a última vez que tinha sido passivo. Mas depois uma dúvida ficou martelando na minha cabeça: e se aquilo tivesse sido suficiente para me contaminar com alguma DST? Como eu sabia que para fazer o exame de HIV tinha que esperar um mês, desencanei, resolvi esperar o final de janeiro. Nesse meio tempo li um artigo que destacava que a chance de contaminação por HIV fazendo sexo anal passivo com alguém contaminado era de, salvo engano, 138 em 10 mil. Considerando que o contato foi só de um instante e que a chance dela estar contaminada era muito menor que de não estar, concluí que a probabilidade de contágio era irrelevante. Janeiro passou e eu nem me lembrei de fazer qualquer exame. Entretanto, agora em março peguei alguma virose, fiquei com a garganta fudida e com algumas dores no corpo, e me bateu um pavor irracional. Fui no urologista, peguei a requisição pra fazer exame para DSTs e, graças a Deus, saiu hoje o resultado negativo. Meu lado racional já sabia que eu não tinha nada, mas o alívio foi indescritível.
    Enfim, deixo aqui meu relato para tranquilizar aqueles que tiveram alguma exposição acidental e momentânea, pois a probabilidade de contrair o vírus nessa circunstância é realmente muito baixa.

  7. #97

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Michele Batus Ver Post
    É muito simples evitarem qualquer doença,usem camisinha,é segurança para nós e para vocês também e as meninas e os meninos que tenham DST façam tratamento,pois assim o risco de prejudicar a vida da outra pessoa é mínimo,tem uma pessoa aqui do fórum que eu sei porque me falou que adora trocar doenças como quem troca figurinhas,o mesmo se diz t-lover,mas não passa de um lixo doente ambulante que não tem amor a própria vida e nem das meninas que ele mente aqui que paga programa,mas faz de graça pra relatar elas no fórum...Se ele ler,ele vai saber que é dele que estou falando,que há uns 2 anos perguntou se eu queria que ele fizesse um site pra mim e me relatasse no fórum se fizesse de graça com esse horroroso,depois me contou que "fulaninha" passou HPV pra ele e ele teria que esperar a carga dele(hiv) melhorar, depois dessa conversa nada agradável eu tenho sempre que bloquear ele das minhas redes sociais porque tenho nojo de pessoas que pensam assim e só de olhar a foto dele tenho vontade de vomitar,sorte eu não ter o desprazer de conhecer esse lixo pessoalmente,não digo lixo por ser doente,mas sim por ele espalhar doenças em muitas trans que acabam caindo na conversinha dele,vejam bem as vezes o risco maior está do lado t-lover e não t-gata...
    me manda por mp esses nomes para que seja banido daqui.

  8. #98

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Carlos Braganza Ver Post
    Em meados de dezembro fiz um programa com a Nina Rich, que estava em Porto Alegre por uns dias, e aconteceu algo pra lá de inusitado: ela tava socando no meu rabo até que do nada parou e me avisou que a camisinha tinha escapado e ficado dentro do meu cu. Gelei por um instante pensando que acabaria protagonizando uma daquelas cenas deprimentes e habituais de pronto socorro em que o cara chega com algum objeto preso no cu, conta uma história maluca de como isso ocorreu e vira motivo de deboche dos plantonistas. Mas, felizmente, foi só enfiar os dedos e resgatar a camisinha rebelde.
    Continuei o programa, que foi excelente, a Nina manda realmente muito bem, recomendo, e fui embora feliz da vida, já que fazia um bom tempo desde a última vez que tinha sido passivo. Mas depois uma dúvida ficou martelando na minha cabeça: e se aquilo tivesse sido suficiente para me contaminar com alguma DST? Como eu sabia que para fazer o exame de HIV tinha que esperar um mês, desencanei, resolvi esperar o final de janeiro. Nesse meio tempo li um artigo que destacava que a chance de contaminação por HIV fazendo sexo anal passivo com alguém contaminado era de, salvo engano, 138 em 10 mil. Considerando que o contato foi só de um instante e que a chance dela estar contaminada era muito menor que de não estar, concluí que a probabilidade de contágio era irrelevante. Janeiro passou e eu nem me lembrei de fazer qualquer exame. Entretanto, agora em março peguei alguma virose, fiquei com a garganta fudida e com algumas dores no corpo, e me bateu um pavor irracional. Fui no urologista, peguei a requisição pra fazer exame para DSTs e, graças a Deus, saiu hoje o resultado negativo. Meu lado racional já sabia que eu não tinha nada, mas o alívio foi indescritível.
    Enfim, deixo aqui meu relato para tranquilizar aqueles que tiveram alguma exposição acidental e momentânea, pois a probabilidade de contrair o vírus nessa circunstância é realmente muito baixa.
    Carlos, passei por situação bem parecida. Nas frescuras do arreto peguei a merda de Clamídia. Aí veio o medo absurdo do HIV. Fiquei várias semanas "inventando" doenças na minha cabeça, mesmo sabendo que a chance do contágio era mínima. Não dá pra descrever a sensação de alívio ao saber que não pegamos o maldito HIV. Que susto, mas também destaco para os amigos os dias infernais que vivi com a dúvida! Cuidem-se, gurizada. A vida é uma só!

  9. #99

    Padrão

    Assunto importante demais para ficar apenas na area Rio Grande do Sul.
    topico movido para a area de bate-bapo.

  10. #100

  11. #101
    Member Avatar de panetonne
    Data de Ingresso
    Feb 2015
    Localização
    São Paulo
    Posts
    270

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Michele Batus Ver Post
    É muito simples evitarem qualquer doença,usem camisinha,é segurança para nós e para vocês também e as meninas e os meninos que tenham DST façam tratamento,pois assim o risco de prejudicar a vida da outra pessoa é mínimo,tem uma pessoa aqui do fórum que eu sei porque me falou que adora trocar doenças como quem troca figurinhas,o mesmo se diz t-lover,mas não passa de um lixo doente ambulante que não tem amor a própria vida e nem das meninas que ele mente aqui que paga programa,mas faz de graça pra relatar elas no fórum...Se ele ler,ele vai saber que é dele que estou falando,que há uns 2 anos perguntou se eu queria que ele fizesse um site pra mim e me relatasse no fórum se fizesse de graça com esse horroroso,depois me contou que "fulaninha" passou HPV pra ele e ele teria que esperar a carga dele(hiv) melhorar, depois dessa conversa nada agradável eu tenho sempre que bloquear ele das minhas redes sociais porque tenho nojo de pessoas que pensam assim e só de olhar a foto dele tenho vontade de vomitar,sorte eu não ter o desprazer de conhecer esse lixo pessoalmente,não digo lixo por ser doente,mas sim por ele espalhar doenças em muitas trans que acabam caindo na conversinha dele,vejam bem as vezes o risco maior está do lado t-lover e não t-gata...
    Fala logo o nome do Santo! Já dá para imaginar! Mas é melhor contar para geral fiar sabendo desse infeliz.

  12. #102

    Padrão

    Citação Postado originalmente por panetonne Ver Post
    Fala logo o nome do Santo! Já dá para imaginar! Mas é melhor contar para geral fiar sabendo desse infeliz.
    Já conversei com o Moderador sobre o nome do dito cujo,não posso expor nomes aqui em"público",até porque não quero levar um processo.
    ...

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •