Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Polícia diz que suspeita de matar consultor de moda tentou aplicar golpe na vítima

Collapse
X
  • Filtro
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Polícia diz que suspeita de matar consultor de moda tentou aplicar golpe na vítima

    ...

  • #2
    https://ricmais.com.br/seguranca/ass...e-de-extorsao/

    Notícias RIC Mais

    Assassinatos
    Polícia diz que suspeita de matar consultor de moda tentou aplicar golpe na vítima: “crime de extorsão”

    A suspeita, Thays Rocha Leite, é considerada foragida e não foi localizada até o momento

    Daniela Borsuk com informações de Bruna Froehner, da RICtv

    Polícia diz que suspeita de matar consultor de moda tentou aplicar golpe na vítima: “crime de extorsão”
    (Foto: Polícia Civil do Paraná)

    6 de junho de 2022 - 15:29 - Atualizado em 6 de junho de 2022 - 15:29

    O delegado Tito Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que Thays Rocha Leite, a suspeita de matar o consultor de moda Walter Machado, tentou aplicar um golpe na vítima no momento do crime. Nesta segunda-feira (6), a Polícia Civil foi até o apartamento de Thays, mas ela não foi localizada e é considerada foragida.

    A Polícia Civil divulgou na tarde desta segunda-feira a foto da suspeita, foragida por homicídio. A equipe afirma que o crime aconteceu durante uma discussão, depois que a vítima não quis pagar o valor cobrado por Thays, que é travesti e faz programa.
    (Foto: Polícia Civil)

    Conforme o delegado Barichello, a suspeita teria tentado cobrar um valor mais alto pelo serviço do que havia combinado previamente. Testemunhas afirmaram à polícia que Thays costumava tentar extorquir os clientes e “fazia um escândalo” caso não pagassem o valor que ela exigia.

    “Ali a situação é muito clara. Existe um golpe, existe uma extorsão, que é praticada de forma contumaz pela investigada. Ela combina um valor de um programa, ela pratica esse programa com homens, em regra homens casados, e ao final do programa, do valor combinado R$ 50 ou R$ 100, ela cobra R$ 1 mil, R$ 2 mil, R$ 3 mil, ela começa a aplicar a multa. Se a pessoa não pagar, ela faz um escândalo. Chama a polícia, quer fazer um boletim de ocorrência, inclusive eu encontrei um boletim de ocorrência que ela fez de R$ 3 mil por um programa, quando ela mesma me disse que cobra R$ 50, R$ 100. Ou seja, ali ela pratica um crime de extorsão e a confusão veio disso. Ela fez o programa e de forma intencional, no mínimo assumindo o risco, armada de uma faca, desferiu uma lesão em uma parte vital do corpo, que é o pescoço”, afirmou o delegado.

    A defesa de Thays afirma que a suspeita agiu em legítima defesa, ao ser agredida por Walter. “Com relação ao pedido de prisão preventiva e a decretação da prisão preventiva no caso da Thays, a defesa vem se manifestar porque entende totalmente equivocada. A Thays se apresentou na delegacia na sexta-feira e deu oportunidade ao delegado Tito fazer todas as perguntas e esclarecer o caso, e ele sequer tinha a qualificação dela. E a mesma colaborou e esclareceu todas as perguntas na sexta-feira e ficou à disposição da Justiça”, relatou a advogada da suspeita, Alessandra Paola Ferreira.

    No entanto, com relação a agressão, a polícia afirmou que a suspeita não apresentou lesões e não procurou o Instituto Médico Legal (IML) para comprovar, através de laudos, as agressões.

    A Polícia ainda tenta localizar Thays e outras pessoas que foram vistas nas imagens, como as duas pessoas em situação de rua e o motorista que conduziu o carro em que a suspeita deixou o local.

    Comment


    • #3
      situação triste, confesso que hj tenho medo de ir atrás de um programa

      Comment

      Webcam

      Collapse

      Anuncios

      Collapse

      Bonecas Relax Travesti SP
      Travestis Rio de Janeiro  Rio Relax Travestis no Canada shemale in Dubai shemale in London shemale in Paris Anuncie Aqui
      trabalhando...
      X